Menu principal
 

Um marco histórico: aconteceu a primeira defesa de Mestrado do Instituto Federal Catarinense

sexta-feira, 4 de Maio de 2018

Uma história que iniciou no ano de 2012 teve nesta sexta-feira, 04 de maio de 2018, mais um momento a ser lembrado e comemorado. Neste dia aconteceu a primeira defesa do Mestrado em Produção e Sanidade Animal, o primeiro curso stricto sensu do Instituto Federal Catarinense, dentro da linha de pesquisa de Produção Sustentável e Sanidade Aquícola. A apresentação do trabalho aconteceu no campus Araquari, a partir das 9h, com a participação de estudantes da graduação, docentes e familiares que prestigiaram o mestrando Luiz Rodrigo Mota Vicente.

O trabalho defendido teve como título Caracterização sanitária, ambiental e zootécnica de tilápia-do-nilo cultivada em diferentes sistemas no sul do Estado de Santa Catarina, e foi orientado pelo Prof. Dr. Adolfo Jatobá, Doutor em Aquicultura pela UFSC. Fizeram parte da banca avaliadora também o professor Dr. Felipe do Nascimento Vieira, membro externo da banca e que atua na Universidade Federal de Santa Catarina, e o professor Dr. Maurício Lehmann, avaliador que atua no IFC Araquari.

Com início no ano de 2016, junto à primeira turma de 17 estudantes ingressantes no Mestrado Profissional, a pesquisa apresentada avaliou parâmetros físico-químicos da água, prevalência de ectoparasitos, caracterização hematológica e desempenho zootécnico de tilápias do Nilo (O. niloticus), cultivadas em três diferentes sistemas no sul do estado de Santa Catarina. O trabalho foi realizado a campo, em um parceria entre EPAGRI e Laboratório de Aquicultura do IFC Campus Araquari, financiado pela FAPESC.

Esta defesa ratifica a vocação do campus Araquari à aquicultura, onde foi realizado um dos primeiros cursos técnicos do Brasil, assim como, o primeiro curso lato sensu do  IFC (especialização em Aquicultura), demonstrando a consonância entre a atividade e o arranjo produtivo local (APL) que atende um dos preceitos dos IFs.

Precedendo a banca de defesa, o Coordenador adjunto do Programa de Pós-Graduação em Produção e Sanidade Animal do IFC, professor Dr. Ivan Bianchi, fez uma breve apresentação sobre o histórico do curso, descrevendo a relevância social do curso para a solução de problemas encontrados na prática profissional e dentro das organizações catarinenses voltadas para a área de estudos deste mestrado. Outros pontos ressaltado dentro desta trajetória que culminou na primeira defesa de Mestrado fazem parte dos objetivos do IFC e toda a rede federal de ensino, como a verticalização do ensino e o atendimento das necessidades locais.

Na próxima semana, dia 10 de maio, acontecerá ainda a defesa do estudante André Barbosa da Silva, que apresentará a dissertação intitulada Diagnóstico de medicamentos veterinários como carry-over e contaminantes em linhas de produção de rações para aves e suínos. O cronograma e informações sobre as próximas defesas pode ser visualizado no perfil oficial do curso nas redes sociais, através do link: www.facebook.com/ppgpsa

Texto e imagens: CECOM/Araquari

Imprimir Imprimir