Menu principal
 
Imprimir Imprimir

Professor do IFC Araquari conquista o 1º lugar do Alltech Young Scientist na América Latina

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Pelo segundo ano consecutivo o Instituto Federal Catarinense Campus Araquari possui um representante premiado como o melhor da América Latina. Neste ano de 2017, o professor Delano Dias Schleder conquistou o primeiro lugar na categoria graduate (pós-graduação), no Alltech Young Scientist Competition. Esta premiação é uma das maiores da ciência mundial, dando destaque anualmente aos melhores trabalhos na área de agrociência.

A pesquisa que conquistou o primeiro lugar tem o título de “Synergistic effect of two brown seaweeds on Pacific white shrimp resistance to thermal shock and White Spot Disease”, e foi desenvolvida no Laboratório de Camarões Marinhos, da Universidade Federal de Santa Catarina, onde o professor Delano faz seu Doutorado em Aquicultura, com a orientação do professor Felipe do Nascimento Vieira e professora Leila Hayashi (co-orientadora).

O trabalho vencedor avaliou o efeito sinérgico de duas espécies de algas marrons (Sargassum filipendula e Undaria pinnatifida), como aditivo alimentar na ração, sobre a resistência de camarões marinhos ao estresse térmico e à infecção com o vírus da Síndrome da Mancha Branca. Este trabalho consistiu no último experimento da tese que o professor Delano defenderá ainda este ano, e derivou de resultados obtidos em experimentos anteriores, os quais revelaram que o sargaço (S. filipendula) quando adicionado sozinho na ração aumentava a resistência dos camarões ao estresse térmico, já a undária (U. pinnatifida) reduzia a quantidade de bactérias patogênicas no trato digestivo e estimulava o sistema imunológico e a resistência contra o vírus da Síndrome da Mancha Branca.

Foi utilizada neste trabalho uma técnica de espectrometria de massas (MALDI-TOF), para avaliar o perfil de lipídeos e proteínas das células da hemolinfa dos camarões, com intuito de compreender o impacto do estresse térmico e da infecção viral sobre os camarões, e lançar uma luz sobre os mecanismos pelos quais a adição das algas na ração poderia proporcionar a resistência observada nos camarões.

No ano de 2016 a estudante Andressa Vieira de Moraes, que cursa o Bacharelado em Medicina Veterinária no IFC Araquari, também conquistou o primeiro lugar na América Latina no Alltech Youg Scientist, na categoria undergraduate (graduação), com o trabalho intitulado “Selection of authochtone acid lactic bacteria as probiotic for lambariculture”. Relembre esse acontecimento acessando as notícias do resultado na América Latina e premiação nos EUA.

 

 

Prêmio Alltech Young Scientist

Este concurso é focado em jovens cientistas e já vem sendo realizado há mais de dez anos, atraindo os principais pensadores da ciência de faculdades e universidades ao redor do mundo, para premiar as descobertas que se destacam na área de agrociências. Como a própria empresa explica, os pesquisadores são encorajados a se juntar à Alltech na busca de soluções em saúde e nutrição animal, ciência de colheitas, métodos de análise agrícola, segurança da cadeia alimentar e rastreabilidade, saúde humana e nutrição e outros setores relacionados à agrociência, além de ganhar valiosa experiência com a equipe global da empresa.

Comumente, são aproximadamente 10 mil inscritos de todo o mundo nesta competição, portanto, é realizada uma primeira etapa de premiação, na qual são destacados os melhores trabalhos de acordo com a seguinte separação de continentes: América do Norte, América Latina, Europa/Rússia/África e Ásia/Oceania. Existe ainda a separação em categorias, graduate (pós-graduação) e undergraduate (graduação).

Após a premiação regional, os oito principais vencedores reúnem-se para a premiação global, que acontece anualmente na matriz da Alltech, em Lexington, estado de Kentucky (Estados Unidos), durante o “One: Simpósio de Ideias Alltech”. Neste ano o evento acontecerá entre 21 e 24 de maio.

Texto: CECOM/Araquari
Imagens: Divulgação Alltech