Menu principal
 

GPTER visita Laboratório de Biomecânica da UFSC

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Na última semana, dia 22 de outubro,  o Grupo de Pesquisa em Tecnologia, Esporte e Reabilitação – GPTER, ligado à Fábrica de Software do IFC Araquari, visitou o Laboratório de Biomecânica (Biomec) do Centro de Desportos da Universidade Federal de Santa Catarina. O GPTER possui uma relação de parceria com o laboratório para o desenvolvimento de pesquisas.

Durante a visita foram feitas demonstrações dos equipamentos mais utilizados no laboratório para análise do movimento humano, como o sistema de cinemetria 3D e a plataforma de forças, com os quais os estudantes bolsistas puderam interagir (conforme imagens abaixo).

O GPTER (dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1334867012779659) tem interesse em desenvolver soluções tecnológicas no âmbito esportivo e da reabilitação, a fim de atingir tanto os pesquisadores destas áreas, quanto atletas e treinadores.

As linhas de pesquisa que o grupo do IFC Araquari trabalha são:
  • Soluções tecnológicas voltadas ao desempenho esportivo; e
  • Tecnologia Assistiva Paradesporto e Reabilitação.

O grupo é formado pelos servidores Jonathan Ache Dias (Líder), Joelmir José Lopes (Líder) e Nilton dos Santos Neto, além de dois alunos do Bacharelado em Sistemas de Informação – BSI.

Após a visita ao laboratório, os bolsistas do grupo, Gustavo Pires (Bolsa Interna do Campus) e Gabriel Silveira (Bolsa PIBITI-CNPQ), apresentaram seus projetos aos integrantes do Biomec. Os projetos apresentados pelos estudantes foram: “Desenvolvimento de um novo aplicativo android para avaliação do salto vertical” e “Raspbody: um protótipo de sistema para análise cinemática do movimento humano utilizando Raspberry Pi e câmeras de infravermelho”.

Após estas apresentações, o professor Jonathan ministrou, como docente convidado, a aula “Instrumentação e análise cinética para biomecânica“, durante a disciplina de Biomecânica, assistida por mestrandos e doutorandos do Programa de Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF).

Texto e fotos: GPTER/Araquari – Jonathan Ache Dias

Imprimir Imprimir