Menu principal
 

Estudantes do IFC Araquari participaram da etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Química

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

No último sábado, 25 de agosto, aconteceu a Olimpíada Brasileira de Química (OBQ), com a participação de quatro estudantes do curso Técnico em Química integrado ao Ensino Médio (QUIMI), do Instituto Federal Catarinense Campus Araquari. Esta é a última etapa da competição. Após as etapas local e regional, o resultado deixou orgulhosos os professores da instituição, que destacam o quão positivas foram essas quatro participações. Quando comparado com a maior cidade do Estado, Joinville, nota-se a relevância do resultado: apenas 5 alunos joinvilenses marcaram presença na etapa brasileira da olimpíada de química.  Destaca-se, também, que apenas o IFC de Araquari conseguiu classificar algum aluno para a OBQ.

Em um paralelo com os dois anos anteriores, a própria instituição deu um salto muito grande na competição, pois em 2016 e 2017 havia classificado apenas um aluno em cada ano para a etapa nacional. Os professores do curso creditam isso ao empenho de todo o corpo docente, ao apoio pedagógico e às coordenações que estão sempre se esforçando para incentivar e melhor capacitar os estudantes.

Veja o nome dos estudantes que fizeram a OBQ:

  • AMANDA CATHERINE CASTANHEIRA DIAS (2 A)
  • GUILHERME FERREIRA (2 A)
  • JOÃO VICTOR SERAFIM (2 A)
  • STEFANY MILANI (2 A)

Os próprios docentes do curso afirmam que é extremamente difícil a aprovação para participação nesta terceira fase er quatro estudantes da turma 2QUIMI classificados é motivo de muita satisfação e motivação para a continuidade dos trabalhos.

 

A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE QUÍMICA

A Olimpíada Brasileira de Química é um evento de cunho competitivo, para estudantes do ensino médio e tecnológico, que promove a competição entre todos os estados do país. Em 1986, por iniciativa do Instituto de Química da USP, realizou o primeiro evento, com a participação de 5 estados brasileiros. Suspenso durante sete anos, ressurgiu em 1996, por iniciativa da Universidade Federal do Ceará, da Universidade Estadual do Ceará e da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FUNCAP.

Os primeiros colocados nesta competição têm seus nomes inseridos na galeria de honra do troféu da Olimpíada Brasileira de Química. Os dez estudantes de maior destaque são convocados para participar do Curso de Aprofundamento e Excelência em Química, de onde se escolherá a equipe que representará o Brasil na Olimpíada Internacional de Química e na Olimpíada Ibero-americana de Química.

“Estamos trabalhando, e na torcida, para um dia comemorarmos o alcance de um dos nossos estudantes na equipe brasileira para a disputa internacional. É foco máximo!”, comentou o organizador local do evento.

 

Texto e imagens: CECOM/Araquari e Coordenação local do Evento

Imprimir Imprimir